Você é nosso visitante nº_ marcador de visitas

A LENDA - clique na imagem e faça um tour pela gloriosa história do Botafogo

22 de fev de 2018

CARIOCA/2018 - COMEÇA A TAÇA RIO





Time "visita" o Nova Iguaçu
em Edson Passos

Olá, amigos alvinegros!

Já começamos esta partida, ao meu ver, melhor do que terminamos o ciclo do Sr. Tigrão: fomos com os laterais Marcinho (o bom garoto da base que já conhecíamos) e o Moisés, que mal pegou na bola e já vimos que, se não vai ser um Marcelo (Real Madri), é infinitamente superior ao Gilson.

Podíamos então esperar muito mais deste jogo do que de vários daqueles da Taça GB, claro. E assim foi.

O time ainda demorou uns 10 minutos tentando se acertar. A saída de bola ficou complicada, haja vista o ímpeto do adversário (inteligentemente orientado pelo seu treinador) utilizado na marcação. Alertados no vestiário, os adversários aproveitavam o nosso desentrosamento e o mau momento psicológico e marcavam muito bem a nossa saída de bola.

Nada que impedisse o bom jogo do nosso agora promissor lado direito, com as jogadas entre o Marcinho e o Ezequiel. Numa delas, aos 17 minutos, saiu o gol do Kieza. Daí em diante, com a tranquilidade novamente reinando na cabeça dos jogadores, bastou fazer o óbvio, ou seja, se impor ante um time pequeno.

Não, o Botafogo não passou a jogar bem como num passe de mágica. Claro que jogar bem é algo que ainda vai precisar de algum tempo. Devemos até, sim, fazer um bom jogo no domingo, na nossa casa, mas vamos alternar boas e más exibições, fruto da segunda mudança de filosofia de jogo implantada em menos de 2 meses.

Exatos 10 minutos após o primeiro gol, fomos brindados com uma belíssima cobrança de falta do Leo Valencia (que ainda tá devendo muito) e já com o jogo garantido com este 2x0, uma pixotada do Arnaldo (que substituiu o Marcinho), à la Cerezo naquele jogo contra a Itália em 82, entregando uma bola de graça, ao adversário, redundou no gol deles. Mas não passamos tanto sufoco assim após este lance, apesar do cansaço dos nossos atletas (repito, mais pelo psicológico do que propriamente pelo preparo físico).

Foi isso. Acho que não vamos brilhar como brilhamos até o mês de outubro do ano passado, mas sem dinheiro para contratar e com elenco enxuto, a onda é essa mesmo: ir subindo os garotos aos poucos (ontem, começamos a partida com 4 crias da base em campo) e tentando se firmar nas competições. Vamos aguardar mais alguns jogos para que possamos avaliar as nossas possibilidades na sulamericana.


Os gols do jogo - Imagens do Youtube

O acesso ao blog não é recomendado com o navegador Internet Explorer.

10 de fev de 2018

SEM SURPRESAS



BOTAFOGO 1 X 3 FLAMENGO

Gostaria de dizer igual ao Silvio Santos: Não vi e não gostei. Mas eu vi. Não queria, mas eu vi.

Sem surpresas, fomos dominados sem padrão de jogo, sem criatividade, sem comando. Para não dizer que não houve surpresa nenhuma: não chegamos a ser goleados e conseguimos fazer um gol. É, esse time do Flamengo, que ainda pode evoluir, conseguiu tomar um gol de um bando em campo.

Sobre o nosso time, pouco a dizer. Jogadores como Arnaldo, Gilson, Pimpão, e alguns outros, podem compor um elenco se tiverem alguns bons por perto, e um técnico a comandar e dar padrão. Nosso adversário de hoje mesmo tem os seus perebas, como Pará, Everton, e outros que não conheço. Ainda bem, pois senão seria pior para nós.

Agora só nos resta esperar nossa direção mostrar alguma lucidez (é pedir muito?) e começar algum planejamento para 2018, pois já tem muito tempo perdido. Brasileirão e Sulamericana chegam em breve, menos de 60 dias, e se deixar o tempo passar só piora.

Segundo turno do Carioca só pode servir mesmo como laboratório para essas competições. E aí não dá para dizer que a torcida não teve paciência, ou cobrou resultados no Carioca que não vale nada. Tivemos muita paciência, mas desde o jogo contra o Madureira que a tragédia (na Copa do Brasil) e ficar de fora dessa final da Taça Guanabara já estava traçado.

Se forçarmos a barra para buscar alguma coisa desse jogo, eu só diria a assistência de Renatinho para Kieza, e a seriedade e serenidade que alguns jogadores, como Marcelo, Rabello e João Paulo demonstraram.

Agora é começar 2018 e torcer que façam algum planejamento de fato, pois até agora foi nulo.

Abraços.

Sou Botafogo

Sou Botafogo
campanha gratuita do BLOG BOTAFOGO ETERNO pela associação - clique no banner

Leia aqui como o Botafogo mudou o rumo da história do esporte no Brasil (e do futebol no mundo).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Imagens Históricas - Por Luiz Fernando do BLOG