Você é nosso visitante nº_ marcador de visitas

A LENDA - clique na imagem e faça um tour pela gloriosa história do Botafogo

18 de jun de 2018

COPA DE 2018 - RÚSSIA

MARCOS PARET e CARLOS HENRIQUE


Segue o 'Carioquinha do mundo'


18/6

Suécia 1x0 Coréia do Sul - 9:00h - mais um jogo sofrível, de atletas de quem a imprensa fala bem mas que eu aqui, que quase não vejo nada do que se passa nos mundos europeu, russo, mexicano, árabe ou chinês, não entendo o porquê.

Bélgica 3x0 Panamá - [EXPECTATIVA.....a conferir (sentimento pré jogo: Deus nos livre).....] O JOGO - Depois de um primeiro tempo de chutões e de chuveirinho na área, até mesmo do time belga, na segunda etapa, enfim, apareceu o futebol. Os bons nomes do time de vermelho apareceram no jogo, o desenvolvimento do trabalho a partir do meio de campo se mostrou eficiente e eles conseguiram fazer o placar com superioridade. Pouco se preocuparam na sua defesa.

Inglaterra 2x1 Tunísia - um estranho jogo de "ufa ufa!".

Com um bom jogo de toque de bola, os ingleses abriram o placar numa situação em que vários atletas de bom nível conswguiam jogar bem. Ato contínuo, de forma infantil, o atleta inglês cometeu um pênalti desnecessário que acabou criando uma situação de grande tensão no jogo.

Fechados, os tunisianos seguraram o placar até perto do tempo extra final mas não resistiram ao melhor futebol do adversário e levaram o segundo gol.

17 de jun de 2018

BRASIL ESTRÉIA CONTRA A SUIÇA



Agora é prá valer.


Brasil 1x1 Suiça - 15:00h

O time jogou tão mal, que não se salvou nem o Phillipe Coutinho, autor do primeiro gol da partida.

Hoje, de uma vez por todas, firmei a opinião que sempre tive sobre o nosso futebol mas que sempre foi combatida: nos clubes, até temos armações táticas que foram mais desenvolvidas a partir do fim da era dos craques atuando aqui mas quando se trata de seleção, a coisa sempre pegou mais para o talento individual. Senão vejamos.

1958 - o time patinava quando, apertado pelos mais experientes, o dorminhoco Feola sacou Mazola e Joel, colocando em campo Pelé e Garrincha.

1962 - Continuamos com os fora de série, Garrincha à frente.

1970 - Nem preciso falar em jogadores de drible, de talento extra classe para desarmar defesas. Como exemplo, Zagallo escalou 4 camisas 10 no mesmo time.

Em 1974, vários fatores atrapalharam o time na Copa mas a partir de 1978, o fora de série que decide num drible sumiu, com o decisivo Rivelino machucado e entrando apenas no último jogo. Em 82, rolou um amarelão geral, quando tínhamos pelo menos 3 extra classe mas estes se deixaram apanhar pela surpresa italiana.

Aí, voltamos com duas duplas de jogadores extra classe e ganhamos mais duas Copas.

1994 - Romário e Bebeto.

2002 - Ronaldo e Rivaldo, luxuosamente ajudados por um talento que pedia passagem: Ronaldinho Gaúcho.

Vejam que, em várias outras Copas, nós tivemos foras de série no time, só que eles não se sobressaíram (2006 foi o melhor exemplo, já que 2002 foi um caso atípico).

É de se imaginar, então, que se os diferenciados de agora (Neymar e Phillipe) não desencatarem, dificilmente esta seleção irá obter o sucesso que desejamos na competição. A conferir.



O DIA SEGUINTE

 (Day after - nome de filme sobre catástrofe nuclear)

- A imprensa (até a mídia argentina) - 'O Brasil empatou com erros de arbitragem'
- A Fifa - O árbitro de vídeo informou ao juiz de campo que não houve qualquer irregularidade nas jogadas reclamadas'.

Vão entender!


Sou Botafogo

Sou Botafogo
campanha gratuita do BLOG BOTAFOGO ETERNO pela associação - clique no banner

Leia aqui como o Botafogo mudou o rumo da história do esporte no Brasil (e do futebol no mundo).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Imagens Históricas - Por Luiz Fernando do BLOG