Você é nosso visitante nº_ marcador de visitas

A LENDA - clique na imagem e faça um tour pela gloriosa história do Botafogo

27 de nov de 2017

MAIS UM JOGO DECISIVO

Time volta a São Paulo
para enfrentar o Palmeiras,
não aguenta o ritmo no segundo tempo
e perde por 2x0





Perdemos. O sonho do topo fica temporariamente mais distante.

E perdemos de forma fatídica: fomos segurando a onda no primeiro tempo mas, na segunda etapa, até, também, por causa dos jogadores inaptos para atuar em time grande (Gilson e Arnaldo são os exemplos mais claros), a falta de fôlego foi fatal para a derrota e explico: não é como antigamente que, além da genialidade com a bola nos pés, a preparação física não estava no nível de hoje.

Tivessem as nossas bolas entrado no primeiro tempo e seria o time deles a ter que correr para “derrubar o nosso muro”, como já ocorreu com o Corinthians e o Galo este ano, só para ficar nestes dois.

Só que, até nisto, os outros grandes que têm mais dinheiro acabam mostrando mais qualidade. Basta ver quem sempre vem do banco para resolver os seus jogos.

Aqui, para se pensar num 2018 mais sólido, não podemos contar no campo com nomes como os citados Gilson e Arnaldo e mais, Rodrigo Pimpão, Vinícius Tanque, Renan Fonseca e vários outros que temos no elenco. São jogadores, no máximo, para compor elenco (não falei de banco mas sim, de elenco).

Agradeçamos ao Pimpão pelos bons serviços, ao Gilson pelo esforço e ao Arnaldo pela correria mas já deu. Com estes, poderemos até começar o ano naquela “ventania” a favor mas a coisa não dura até o fim.

O acesso ao blog não é recomendado com o navegador Internet Explorer.

5 comentários:

  1. Bom dia caríssimos Botafoguenses.

    Meus caros, quando um jogador de 43 anos joga na lateral esquerda e vários jogadores caem no seu setor e são dominados sem dificuldade, e na mesma lateral esquerda agora do seu adversário joga um jogador com a metade da idade de seu oponente e leva um passeio causando os dois gols da vitória do Palmeiras, sinceramente há algo de errado no futebol brasileiro. Foi isto que vi no jogo de ontem. Méritos do Palmeiras que soube como ninguém aproveitar as nossas deficiências, se estas não tivessem acontecido teríamos saído com um resultado positivo.

    Mas, é preciso levar em consideração a teimosia de nosso técnico que vê as deficiências e não as corrige em tempo. Falo isso pois o estado deprimente das condições físicas de João Paulo eram visíveis até para quem não entende nada de futebol, e ele demora, demora, demora para fazer a substituição, parecendo ter medo de melindrar algum jogador. O que mais me estranhou foi ele reclamar que o time não explorou o jogo aéreo. Ora meus amigos, com dois tampinha de 1,65m de altura na frente querer ganhar alguma coisa na cabeça dos zagueiros de 1,90m é querer exigir muito.

    Deixo a pergunta no ar para não escrever sem me atualizar, pois já falei aqui que notícias do clube aqui só com vidente. Onde foi parar o nosso centroavante que nem no banco estava ontem?

    Para finalizar, falei aqui lá atrás se não ganhasse do Atlético-GO poderia dar adeus a libertadores, não ganhou, e agora vai ganhar do Cruzeiro em casa domingo? Que queimem a minha língua, e é triste ver o Vasco com um time ridículo chegar na nossa frente na tabela. MEU DEUS.

    Um abraço a todos.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Luiz!

      É meu amigo. Lembro de vc ter falado acerca de ganhar do Atlético-GO e repito, também, o que eu disse antes: se for para ficar com elenco deste nível, é até bom ir somente de sulamericana, caminho muito menos espinhoso do que a Libertadores.

      Pensar em Libertadores com Gilson, Arnaldo e Pimpão é querer pagar um mico internacional que, por enquanto, ainda não pagamos (muito pelo contrário - saímos da competição respeitadíssimos). Deixemos estes micos para aquele que se acha mas sempre é quebrado pelos menos votados de Equador e Bolívia.

      Paret.

      Excluir
    2. Meu caríssimo Marcos Paret.

      Enquanto estivermos com o caixa na conta do chá, acho até melhor como vc disse ir de Sulamericana, para não acontecer novamente isso, o fôlego começa bem, mas chega na hora "H" e vemos este arremedo de elenco caindo aos pedaços.

      Já imaginou se não tivéssemos feito um bom Brasileiro no início, estaríamos hoje igual ao Coritiba, chegando na última rodada tendo que vencer para escapar.

      Disseram que nada mais nada menos que 80 jogos foram completados ontem, quem em sã consciência aguenta isso com o elenco mínimo que temos, na minha opinião é impossível manter qualquer padrão de qualidade.

      Excluir
    3. Muito ruim, mas a Libertadores está insistindo em nos ter em 2018...

      Sobre nosso centroavante, Brenner, a notícia é que teria se contundido nos treinos, uma lesão no ombro numa queda. Se é isso mesmo eu não sei.

      Vamos ver, dá para torcer para o Grêmio ganhar do Atlético-MG, para o Coritiba vencer a Chapecoense, e São Paulo e Bahia empatarem. QUe tristeza...

      Abraços.

      Excluir
    4. Meus caros e o Papai Noel novamente foi o Grêmio, vamos ver se o Botafogo não desperdiça a chance e recebe o presente.

      Excluir

Sou Botafogo

Sou Botafogo
campanha gratuita do BLOG BOTAFOGO ETERNO pela associação - clique no banner

Leia aqui como o Botafogo mudou o rumo da história do esporte no Brasil (e do futebol no mundo).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Imagens Históricas - Por Luiz Fernando do BLOG