Você é nosso visitante nº_ marcador de visitas

A LENDA - clique na imagem e faça um tour pela gloriosa história do Botafogo

22 de ago de 2017

UMA META, DOIS DESEJOS, TRÊS CAMINHOS





Esta semana uma reportagem, entre tantas, causou certa indignação aos botafoguenses. Nem teve tanto destaque, no meio de tanto disse-me-disse e confusões. E até porque, de certa forma tem razão, mesmo estando totalmente errada. Segue o link:

http://sportv.globo.com/site/programas/troca-de-passes/noticia/2017/08/apos-derrota-do-bota-barreto-adverte-para-risco-de-time-ficar-sem-nada.html


Diante do falado resolvi fazer minhas considerações, e concluir que praticamente já temos tudo, mas que não podemos baixar a guarda e bobear nesses meses que faltam para encerrar o ano.

Meu primeiro comentário é insistir no que deve ser nossa principal meta do ano, o piso de conquistas aceitáveis. E insisto que nossa meta é dar continuidade e manutenção ao que foi conquistado. Ou seja, precisamos em 2018 jogar a Libertadores e entrar na Copa do Brasil nas oitavas, conforme fizemos este ano. Esta é a meta básica. Este é o caminho de resgate do clube, e é fácil de entender porque.

Somos hoje 35819 sócios-torcedores, com um número crescente, que até o final do ano deve chegar aos 40 mil, e que com vaga na Libertadores 2018 nos garantirá a manutenção desse número e até algum crescimento.

Para chegar nessa vaga temos amanhã o confronto na semifinal da Copa do Brasil. Antigo desejo do clube e dos torcedores. Faltam teóricas 3 partidas para isso, sendo a de amanhã portanto a partida mais importante do ano, até agora.

Se a mídia diz que podemos ficar sem nada, digo que nada nos tira o que já conquistamos este ano. No momento pode não ser títulos, mas se na visão deles podemos ficar sem nada, digo que Palmeiras, Atlético-MG quase certamente ficarão sem nada. Que Flamengo, Santos e Cruzeiro podem ficar sem nada. Que Botafogo e Grêmio podem ficar sem nada. Até o Corinthians pode ficar sem nada. Nada está decidido, então só estão falando o óbvio.

Mas os quase 36 mil STs, os 10 milhõess de renda na Libertadores, o reencontro de torcida, time e clube, isso ninguém nos tirará.

Temos que continuar nossa jornada. Nada está ganho, mas chegamos até aqui porque fomos capazes, e podemos ir mais longe. É possível, e é nosso desejo, vencer a Copa do Brasil. É possível, e é nosso desejo, vencer a Libertadores 2017. E uma dessas conquistas premiará um trabalho consistente e vencedor que vem sendo feito, e dará de bônus o atingimento da meta básica, disputar a Libertadores 2018 (e aumentar ST, obter mais renda, mais exposição na TV, mais patrocinadores, etc.).

Há o caminho pelo Brasileirão para se atingir a meta, mas é sem dúvida a terceira via, e ela é possível. Há de se lembrar que alguns dos clubes que estão na nossa frente no Brasileirão são também alguns dos que podem ser o obstáculo no caminho para nossos desejos. Santos, Grêmio, Flamengo, Cruzeiro estão ali, na mesma briga.

Estou muito confiante com este ano de 2017. Acredito que podemos chegar a esta necessária vaga pelos 3 caminhos, ao mesmo tempo. Não é fácil, mas é possível.

O que não faltará será luta.

Dá-lhe Fogão.

5 comentários:

  1. Concordo com vc, Henrique..

    Desconfiada é que a mídia não está. Pode até ter feito a reflexão (a do "ficar sem nada") pensando apenas nas taças e até nisto, foi desonesta.

    Como é que, faturando além do que lhe pagam apenas por seus próprios meios (classificações em cascata e grandes bilheterias), o time vai ficar sem nada?

    Também confio em título, meu amigo. E só não lhe digo que tenho certeza que o Botafogo de amanhã será o mesmo dos jogos contra Galo e Nacional, pq é clássico do Rio, contra time para quem os juízes sempre procuram aliviar e que acaba por não ter favorito.

    Mas estou com fé, senão na CB, pelo menos na Libertadores.

    Paret.

    ResponderExcluir
  2. Estou confiante, e mais do que isso, estou certo de que tropeços, como essa derrota para Ponte, e dificuldades aparecerão para ser vencidas.

    Por isso não podemos desistir.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Sim Henrique.. A derrota sempre antes da decisão..

    Tomamos aquela virada do S. P. no sábado e logo depois, até perdemos mas jogamos muito melhor do que o Palmeiras.. E, logo depois, estraçalhamos os uruguaios.

    E assim, após a derrota para o Barcelona do Equador e todas as outras.

    Arrisco a dizer que melhor do que vencer a Ponte fora e com festejos, foi esta derrota, para a CB.

    Paret.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia caríssimos Botafoguenses.

    O que a mídia, seja ela escrita ou falada, diz do Botafogo já foi o tempo em que eu ficava zangado. Hoje, pouco me diz respeito.

    Mas não deixa de oportuno o editorial, quando fala do que conquistamos, e vou um pouco mais longe, nenhum clube nas condições em que esta direção recebeu, quase que sem nenhum investimento de patrocínio, afundado em dívidas quase que impagáveis, fez o que o Botafogo fez e conseguiu.

    Se algum dia tivéssemos a arrecadação que principalmente Corinthians e Flamengo têm de patrocínio e da própria Tv, podemos imaginar o que teríamos conseguido a curto prazo. Mas nas condições em que estamos trabalhando hoje, podemos dizer que é um sucesso o conseguido, e se o planejamento está correto, como diz o ditado, estamos plantando e vamos colher muito mais.

    Portanto, obviamente não se pode dar por satisfeito o que já foi conseguido, mas sim almejar muita coisa lá na frente, e podem ter a certeza que o caminho é duro, pois não contamos com nenhum incentivo por parte desta mídia carcomida e parcial que temos. Copa do Brasil e Libertadores foram sonhos hoje realizados, ganhar ou perder faz parte da vida, não vivemos de momentos mas sim a satisfação de nosso clube estar na cabeça e sem precisar de ajudinhas de árbitros.

    Um abraço a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Luiz..

      Diretoria que fez mágica ou então, pelo tamanho do clube, que fez o certo: contratou como podia, deu certo, acabou não se dando bem na contratação do figurão (Montillo) mas o trabalho bem feito e com seriedade não sentiu nada.

      Estamos aí.

      Paret.

      Excluir

Sou Botafogo

Sou Botafogo
campanha gratuita do BLOG BOTAFOGO ETERNO pela associação - clique no banner

Leia aqui como o Botafogo mudou o rumo da história do esporte no Brasil (e do futebol no mundo).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Imagens Históricas - Por Luiz Fernando do BLOG